Telefone: (48) 3024 1438 , (48) 9976 6590     Email: vivare.fisio@gmail.com

Orientações

Cuidados com a Postura

postura

O dia a dia sempre agitado, a ausência de tempo ou mesmo a falta de conhecimento sobre cuidados simples podem acabar resultando em uma postura inadequada e, conseqüentemente, em diferentes problemas, não apenas para a coluna vertebral, mas para a saúde do corpo inteiro.

Dentre as principais funções inerentes à coluna, podemos mencionar o suporte do peso do corpo; a proteção da medula espinhal e dos nervos espinhais; a promoção de maior flexibilidade ao corpo e também o papel fundamental na locomoção e na Postura.

Os fatores de risco mais relevantes para o surgimento das dores na coluna são as posturas incorretas, sobrecargas, sono irregular, má alimentação obesidade, sedentarismo e estresse.

Os desvios posturais, por sua vez, podem levar ao uso incorreto de outras articulações, como ombros, braços, quadris, joelhos e pés. Isso ocorre porque diante do desequilíbrio postural, o corpo buscará naturalmente as compensações a fim de manter o indivíduo em equilíbrio (o que pode causar retrações e encurtamento dos músculos). Além disso, os desvios posturais poderão acarretar, com o passar do tempo, pressão entre as vértebras, gerando as famosas dores nas costas.

Dicas para evitar problemas posturais:

AO DORMIR

dormir

De uma maneira geral, a posição mais indicada para dormir é em decúbito lateral (posição de lado), com um travesseiro da altura do ombro e outro menor entre os joelhos. Desta forma as curvaturas naturais do nosso corpo estarão estabilizadas e as articulações livres de sobrecarga durante o sono. Se você costuma dormir em decúbito dorsal (abdômen para cima), use travesseiro baixo sob a cabeça e utilize um apoio sob os joelhos, que ajudará a aliviar as tensões lombares; ao dormir de lado, um travesseiro entre as pernas que devem estar dobradas. Dormir em decúbito ventral (abdômen para baixo), não é recomendado devido às torções impostas à coluna vertebral e à musculatura.

Na hora de dormir também são necessários cuidados como escolher um bom colchão e um travesseiro confortável, para facilitar a adaptação às posições corretas. A escolha do colchão depende do biotipo e peso de cada indivíduo, porém, o colchão semi-rígido costuma ser o mais indicado, pois mantém as curvaturas fisiológicas da coluna vertebral. Um ponto importante a ser analisado aqui, é que mesmo o colchão apresentando um bom suporte com espuma semi- rígida, por exemplo, é indispensável que ele possua um material de cobertura confortável para aliviar os pontos de pressão pelo corpo. Na dúvida, consulte seu fisioterapeuta, que poderá lhe auxiliar na melhor escolha.

AO SENTAR

sentar

Sentar corretamente também é muito importante para uma boa postura. Procure manter os pés apoiados no chão; coxas tocando suavemente a maior área possível do assento; evite cruzar as pernas e deixe-as ligeiramente afastadas; a coluna deve ser mantida ereta, de forma a preservar suas curvas naturais (encoste as costas completamente no sofá ou na cadeira, evitando esparramar-se), e se necessário apóie uma almofada na curvatura lombar.

Manter a coluna ereta é sempre melhor do que deixá-la inclinada em qualquer situação. Quando se senta da maneira apropriada há uma distribuição uniforme das pressões sobre os discos intervertebrais e os ligamentos e os músculos trabalham em harmonia, evitando desgastes desnecessários.

AO TRABALHAR

trabalhar

No trabalho também é importante adotar posturas menos prejudiciais no dia a dia. Os braços devem ficar ao longo do corpo ou os antebraços apoiados na mesa de trabalho. Evite torções de corpo inteiro, levante-se ou use uma cadeira apropriada que gire com facilidade para pegar algo, falar com alguém ou jogar papel no lixo.

Caso trabalhe com computador, procure regular a tela de modo que a borda superior fique na altura do olhar para o horizonte, mantenha o queixo paralelo ao chão. Para ler, evite ao máximo ter que baixar a cabeça, se for preciso adquira um suporte de livros.

ATIVIDADES DOMÉSTICAS

Na realização de atividades domésticas, evite trabalhar com o tronco totalmente inclinado se estiver em pé; no ato de passar roupa, a mesa deve ter uma altura suficiente para que a pessoa não se incline, outra dica é utilizar um apoio para os pés alternando-os sempre que houver algum incômodo. Para calçar os sapatos não incline o corpo até o chão, sente-se e traga o pé até o joelho.

Ao se elevar um peso acima da altura da cabeça, deve-se apoiar o peso no corpo e subir em uma escada ou banquinho para depositá-lo adequadamente. Ao erguer um peso deve-se abaixar flexionando os joelhos sem curvar a coluna, levantar-se usando contração de abdômen e musculatura das pernas.

AO DIRIGIR

dirigir

Assento:
Mantenha o ângulo do assento entre 100 e 110 graus, de maneira que a coluna permaneça totalmente apoiada e relaxada. Isso evita lesões dos músculos do pescoço e das articulações da coluna.
Pés:
Apoie sempre os calcanhares no assoalho do veículo, o que previne a sobrecarga da coluna lombar.
Encosto da cabeça:
Ajuste o encosto de acordo com a sua altura, posicionando o topo do encosto na linha dos olhos. Essa posição impede que a cabeça se movimente para frente e para trás, protegendo o pescoço de lesões em caso de colisão.
Pernas e joelhos:
Alcance os pedais de forma que, os joelhos continuem um pouco flexionados. Para não sobrecarregar a coluna lombar, mantenha os joelhos no nível do quadril ou abaixo dele.
Braços:
Deixe os braços levemente flexionados ao segurar o volante.